sábado, 28 de janeiro de 2012

Piração



‎'Nunca devo agir diferente daquele

em que eu possa querer que a minha máxima

se torne uma lei Universal.'

Kant


todos nós já temos o conhecimento,
(...)o que precisamos saber está dentro de nós,
mas podemos precisar de ajuda
para trazê-lo à tona.(...)
(Sócrates)


Esperando uma resposta do curso que pretendo fazer


e que trará muitas inspirações e tb expirações...

uniformidade



(...)"Que tipo de mundo existiria

se esse mecanismo
se apossasse de toda raça humana,
e se os povos,
em vez de se elevarem

a uma diversidade maior
e mais harmoniosa(...)
caíssem na uniformidade das coisas?
(Henri Bergson)

familiar



'(...)o seu problema originou-se de uma tendência geral
na sociedade para formar comunidades artificiais
unidas por um tênue fio tecnológico,
mas destituídas de qualquer tecido social verdaeiro.'
(Mais Platão,menos Prozac)

in natura

o compromisso não é a perda da liberdade ,
e sim um exercício da liberdade.

(Mais Platão,menos Prozac)

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Gaiola das Cabeçudas Parte 2 - Aula nº 2 - Aula II - Parte II

palavras apenas,palavras pequenas,palavras...



todos os momentos são especiais







Inquietação,meu segundo nome

Quero reciclar.


Quero estudar.


Quero aprender.


Mas Lacan não era bem


o que eu tinha em mente...

Filosofias no WC



:)



Quem avisa,amigo é



Tudo passa...



recorde de curtição



Foram 27 'curtis' no FB até agora.

filosofando

Sábado Bão



Programão para sábado:
Muito emocionada ao receber um convite do prín,
digo, prefeito,para o lançamento das obras
de drenagem da Praça da Bandeira...
Vou de Drizela ou de Anastácia?



Gaiola das Cabeçudas - Comédia MTV ( HQ )

Bonde dos Filosofos ( BdF ) .wmv

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

O que os olhos veem e o coração sente.



Visita à loja Granado.

Dia muito proveitoso...

Respirar esses ares dá aquela nostalgia gostosa!

Brasserie Rosário

Da série:

Lugares que fazem bem
aos olhos,cabeça e coração.

P.S:Comemos um carpaccio de salmão

com salada , de sobremesa eu provei

uma tortinha trufada de chocolate e laranja.

Jú ficou com tartelete de nozes pecan.

que fique bem claro...



Fomos embrulhados no saco plástico…






Texto muito bom de Paulo Moreira Leite.

Mais Platão,menos Prozac



(...)Maslow,assinalou muito bem,

se a única ferramenta

em sua caixa de ferramentas

é um martelo,
uma porção de coisas

começam a parecer pregos.
(Mais Platão,menos prozac)

rótulos



'...os pacientes que chegam antes da hora marcada são
diagnosticados como ansiosos;
os que chegam atrasados, como hostis;
os que chegam na hora,como compulsivos... '

(Mais Platão,Menos Prozac - Lou Marinoff)

Em que o rotular facilita aos psiquiatras,psicólogos ou os

estudiosos da mente humana?

O que justifica esse julgamento?

Onde estão as pessoas que rotulam?

Os loucos são os outros?

Melhor que leiam

O Alienista.



Mito da Caverna por Maurício de Souza

Oração da serenidade



Viver num mundo capitalista (e selvagem)

me incomoda bastante,

mas como diz a oração:

'Concedei-nos, Senhor,

a Serenidade necessária

para aceitar as coisas

que não podemos modificar,

Coragem para modificar

aquelas que podemos,

e Sabedoria para distinguir

umas das outras..'

Faço o que posso.

Sigo uma vida baseada

em meus princípios num

'estilo quase Freegans',

sem precisar vasculhar o lixo,

é verdade,

mas aceitando de bom grado

os presente que me chegam

através de pessoas que vivem

nesse mundo do descartável.

O que a sociedade consumista imediatista

chama de 'lixo' são produtos

que aos meus olhos funciona

muito bem.

Nunca comprei

uma máquina fotográfica digital.

E tb nunca compraria...

Estou na terceira

e todas me foram presenteadas.

Duas foram descartadas

por terem cumprido seu ciclo de vida

nesse mundo que só aceita o que é novo...

(parada para profunda reflexão)

E a última delas

me foi dada de presente mesmo

(novinha e zerada).

Ganhei até um laptop

fruto dessa 'fome' por novas tecnologias

que assola nosso mundo.

Essa política do descartável

serve para TUDO.

Produtos,serviços,pessoas...

(pausa para mais uma reflexão)

Tudo fica velho,

no sentido mais pejorativo da palavra,

com uso de 6 meses, 1 ano,

qdo muito 2 anos.

As pessoas se endividam,

mas precisam estar

com o celular do momento,

com a TV do momento,etc.

Vamos repensar...

Uma notícia com mais de 30 segundos já é passado!

Não me sinto feliz em viver num mundo desses,

mas me sinto um pouco melhor

por não contribuir diretamente,

com o meu $$

para a manutenção dessa engrenagem.

Estou em busca da minha redenção,

do momento em que não precisarei

mais viver nessa sociedade

cujos valores eu discordo.

Mas até lá...

Dai-me serenidade.

Amém!

Livros:Uma grande paixão

'Nunca leia por hábito:
um livro não é uma escova de dentes.

Leia por vício, leia por dependência química.

A literatura é a possibilidade de viver vidas múltiplas,

em algumas horas.

E tem até finalidades práticas:

amplia a compreensão do mundo,

permite a aquisição de conhecimentos objetivos,

aprimora a capacidade de expressão,

reduz os batimentos cardíacos,

diminui a ansiedade,

aumenta a libido.

Mas é essencialmente lúdica,

é essencialmente inútil,

como devem ser as coisas que nos dão prazer.'


No momento estou lendo:



Dica:



'Faça do livro um objeto pessoal,

um objeto íntimo.

Escreva nele;

assinale as frases marcantes,

as passagens que o emocionam.

Também é importante criticar o autor,

apontar falhas e inverossimilhanças.

(...)O livro é o mais interativo dos objetos.

Você pode avançar e recuar, folheando,

com mais comodidade e rapidez

que mexendo em teclados ou cursores de tela.

O livro vai com você ao banheiro e à cama.

Vai com você de metrô, de ônibus, e de táxi.

Vai com você para outros países.

Há apenas duas regras básicas:

use lápis;

e não empreste.'

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

nos dias de sol e nos de chuva tb



"Porque, por muitas vezes,

você não conseguiu evitar

que a tempestade chegasse.

Mas dançou comigo na chuva."
(Karla Tabalipa)

Costurando Estrelas

Não custa lembrar



Indo fazer meu joguinho na Lotérica

-pq bem sei que a sorte só 'apanha'

aqueles que nela acredita-

deparo-me com os seguintes dizeres

-mais que conhecidos,

mas nem por isso menos importantes-

impressos num folheto ao lado do caixa:


'Não diga tudo o que sabes
Não faças tudo o que podes
Não acredite em tudo que ouves
Não gaste tudo o que tens

... Porque:

Quem diz tudo o que sabe,
Quem faz tudo o que pode,
Quem acredita em tudo o que ouve,
Quem gasta tudo o que tem;

Muitas vezes diz o que não convém,
Faz o que não deve,
Julga o que não vê,
Gasta o que não pode.
Proverbio arábe

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Mundo,mundo,vasto mundo...



Vivo a meses

-muitos meses mesmo-

um dilema:
Estou lendo um livro tão bom,
mas tão bom,

tão boooooommmmm,
que mesmo querendo saber

'as cenas do próximo capítulo'
não quero que ele chegue ao fim.
Vou saboreando cada página

bem devagarzinho,
em doses mais que homeopáticas.
Leio outros livros pelo caminho,

vejo programas e

me distraio com outras coisas,

tudo para poupar meu livro querido

do seu trágico fim.
Sei que o dia chegará,

e não suporto a sensação

de que um dia chegarei na sua página final.

desde ontem...



Estou me sentindo

a própria Dona Baratinha.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

mais mensagens de CDA



sem palavras,

mas ainda assim mensagens...



slow living



a razão começa na cozinha

vai discordar?

livre-se de tudo que não vale à pena




É interessante refletir sobre o que necessitamos
para nos sentirmos realizados na vida.
Talvez a felicidade finalmente chegue
se conseguirmos tirar fardos dos ombros,
vivendo com naturalidade e simplicidade.
Precisamos ser um pouco mais como os animais.
(Nietszche para estressados)

GPS



se vc não se conhece seguirá o caminho do rebanho.
Por isso, conhecer a si mesmo
não é necessariamente um ato de egocentrismo,
mas uma análise das possibilidades que temos
de traçar uma rota sem nos perder nos desvios.

sensação



Quando racionalizamos as vivências
e buscamos intenções para elas,
perdemos sua essência.

trilhas,atalhos,caminhos e afins



caminhar em direção ao desconhecido
contém sabedoria e realização.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

favorável



Não deveríamos tentar deter a pedra
que já começou a rolar morro abaixo;
o melhor é dar-lhe impulso.

(Nietzsche para estressados)

queixas e reclamações



os que se queixam da forma como a bola quica
são os que não sabem arremessá-la.
(Nietzsche p/ estressados)

pessoal e intrasferível



a experiência nunca pode ser compartilhada.
Ela é servida em frascos individuais.
(Nietzsche para estressados)

um olhar diferente



a verdadeira viagem de descobrimento
não consiste em buscar novas paisagens,
mas sim em ter novos olhos.
(Proust)

dos contos

os contos de fadas são escritos
para que as crianças durmam,
mas tb para que os adultos despertem
.
(Hans Christian Andersen)

atração



O Universo é um espelho

que no devolve nossos pensamentos.




A lei da atração está em todos os lugares.

(...)Você atrai o que pensa.

Para controlar essa lei a nosso favor

precisamos seguir 4 passos:

#Saber o que se quer e pedir ao Universo.

#Concentrar-se nos desejos com entusiasmo e gratidão.

#Sentir-se e comportar-se como se o desejo já tivesse sido realizado.

#Estar aberto a recebê-lo.

(Nietzsche para estressados - Allan Percy)

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

esgotada



"E tudo me deu um enjôo.
Tinha medo não.
Tinha era cansaço de esperança."
(João Guimarães Rosa)
Costurando Estrelas

As Marias



A necessidade faz os fatos se revelarem e
acabam comprovando como
nossa memória é prodigiosa...
Jú chegou de viagem com quilos de roupa para lavar,
além de alguns pares de meia, que antes da viagem eram brancas
... e que agora estavam negras a ponto de irem para a lixeira.
Como limpar essas meias encardidas?
Futuquei na minha memória e lá estava a solução
-aprendida a pelo menos 18 anos-
colocar as meias na água quente com gotas de limão...
É fato que poderia achar dicas no google,
mas nem precisei acessá-lo.
Eu tinha a informação certa, no lugar certo,na hora certa!
Felicidade pura!

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

mudanças

(…) Receio que não possa me explicar, Dona Lagarta,
... porque é justamente aí que está o problema.
Posso explicar uma porção de coisas
mas não posso explicar a mim mesma…”
( Alice no País das Maravilhas )

tempo,tempo,tempo,tempo...



...E quando eu tiver saído
Para fora do teu círculo
Tempo tempo tempo tempo
Não serei nem terás sido
Tempo tempo tempo tempo...
Ainda assim acredito
Ser possível reunirmo-nos
Tempo tempo tempo tempo
Num outro nível de vínculo
Tempo tempo tempo tempo...'

(Caetano-Oração ao Tempo)



'O bem mais valioso de nossa época não é o diamante

nem o petróleo, a fórmula da Coca-cola

ou o sorriso da Natalie Portman:

é o tempo.

Obedecendo à lei da oferta e da procura,

quanto mais escasso ele fica,

mais caro nos é.

A seca temporal é geral e irrestrita,

tão democrática quanto a calvície,

a saudade e a morte:

eu não tenho tempo,

você não tem tempo,

o Eike Batista não tem tempo,

o cara que está vendendo bala no farol,

em agônica marcha atlética para recolher

os saquinhos dos retrovisores,

antes que abra o sinal,

também não tem.
Como vocês devem saber,

o principal sintoma desta doença crônica

– sem trocadilho -

é a ansiedade.

Toda manhã, flagro-me aflito,

escovando os dentes, com pressa.

Vejo-me batendo os pés no hall,

enquanto o elevador não chega.

Até o segundo que o cursor do celular leva para piscar,

num SMS, permitindo-me digitar outra letra da mesma tecla,

deixa-me exasperado.(...)
(...)Há quem diga que a culpa

é da melhora das comunicações e, consequentemente,

do envio de dados.

Com a informação viajando tão rápido,

desaprendemos a arte da espera.

Antigamente, aguardar era normal.

Estávamos sempre esperando alguma coisa chegar.

Uma carta, pelo correio.

Um disco, do exterior.

Uma foto, um texto ou um documento, via portador.

Esses hiatos eram tidos como normais,

uma brecha saudável,

pausa para o cigarro ou o café,

a prosa, a leitura de uma revista,

o devaneio, a conversa na janela,

a morte de bezerra.

Hoje, não.

Tá tudo aqui, e, se não está, nos afligimos.

(...)
Enquanto não descobrimos a cura para este mal,

a única saída é aprender a lidar com ele.

Há que cercar com muros altos certas horas do relógio,

para que nada as possa roubar de nós.

Fazer diques de pedra em torno da hora de ficar com nosso amor,

da hora de trabalhar no projeto pessoal,

da hora do esporte,

de ler um livro,

encontrar um amigo.

Mesmo assim, vira e mexe, vêm as obrigações,

como um tsunami, ou os eventos sociais,

como meteoros, e derrubam as barragens.

Não há nada a fazer,

senão reconstruir os muros,

ainda mais fortes do que antes.
Você sente a mesma coisa, ou sou só eu?

Talvez seja só eu.

Quem sabe, numa manhã de terça-feira, lá por 1998,

eu tenha perdido a hora,

para nunca mais a encontrá-la?

Ficarei assim, trinta minutos atrás do resto do mundo,

tentando alcançá-lo, ininterruptamente,

como quem corre atrás de um trem, até o fim dos tempos.

Será que foi isso?'
(trecho do texto Tempo de Antonio Prata)

quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Recebi via email um link super interessante

do meu grande amigo e guru,Manny:



Desejos para o ano que está só começando



"Quem vive de passado é professor de historia.

Se não é este seu ofício,

vamos ...olhar para frente.
Que 2012 seja um ano de coisas boas.
Entendo coisas boas como:

ter saúde,

poder gostar de quem gosta de vc,

poder amar quem te ama,

poder ter amigos de verdade

- mesmo que sejam poucos -

para dar boas risadas,

poder viajar,

poder conhecer lugares novos,

poder cruzar com gente diferente de vc

e que te inspire,

poder ter boas idéias,

poder transformar estas boas ideias em realidade,

poder ter prazer no que faz,

poder mergulhar no mar,

poder ler boas historias,

poder assistir a bons filmes,

poder dar mais algumas boas risadas

além das que ja demos

poder dormir com que vc ama,

poder acordar com quem vc ama,

poder ter amigos trabalhando com vc,

poder não se importar com a quantidade

mas sim com a qualidade,

poder melhorar o lugar onde mora,

poder dar conforto a sua familia,

poder sobrar algum dinheiro no fim do mês,

poder ter opinião,

poder saber que vc pode muita coisa.
E para poder, basta querer.

Não espere que alguém faça tudo isso por vc,

arregace as mangas,

pense positivo,

não faça com os outros

o que vc não gostaria que fizessem com vc...

e feliz ano novo."
(L.H)

ponto de vista

Viver e não ter vergonha de ser feliz...



"Viver é a arte de persistir com delicadeza."
(Fabrício Carpinejar)

sobre o fim do mundo

(...)Não é a primeira vez que se divulga o fim do mundo.


Numa das vezes em que o Halley passou por aqui, em 1938,


acreditava-se que a cauda do cometa bateria na Terra


e não sobraria ninguém para contar a história.


(...)O fim do mundo que houve


sem nunca ter acontecido rendeu, em 1938,


pelo menos um belo samba de Assis Valente.




“Acreditei nessa conversa mole


Pensei que o mundo ia se acabar


E fui tratando de me despedir


E sem demora fui tratando


De aproveitar


Beijei a boca


De quem não devia


Peguei na mão


De quem não conhecia


Dancei um samba


Em traje de maiô


E o tal do mundo


Não se acabou”


(coluna do Artur Xexéu -Revista Domingo-01/01/2012)

Conscientização



domingo, 1 de janeiro de 2012

Vivendo de acordo com os mandamentos



Amar ao próximo,

ainda mais o que está BEM próximo!

Que o amor impere em 2012...

-e que continuemos achando que acertamos na escolha

e nas decisões.-