quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Comunidade alternativa:Utopia ou evolução?




'Viva,


Viva,


Viva a sociedade alternativa...'



Muitas vezes me pego pensando


que não me encaixo nesse mundo.


Um mundo consumista,capitalista,egoísta...


Muito difícil viver num lugar onde os


conceitos não combinam com vc.


Busco na net várias comunidades que vivem de acordo


com outros preceitos:


como ênfase na sustentabilidade, respeito ao próximo,


sentimento de solidariedade genuína,...


O problema é:


como deixar as pessoas que gosto do lado de cá


e viver do jeito que eu acho digno do lado de lá?


O ideal é complexo.


Gostaria de viver em comunidade,


com um 'grupo' tendo uma área verde pra plantar,


colher, se manter.


Seríamos compostos por médicos,professores,


filósofos,artesãos,cozinheiros...


Seríamos auto sustentáveis.


Podíamos fazer meditação, yoga, exercícios,


usar a água dos rios para o banho,


mas respeitando a natureza.


Reciclando tudo.


Poluindo nada.


Todos se ajudariam ,


realizariam suas tarefas


para o bem estar da comunidade de forma geral,


mas sem o consumismo,sem dinheiro.


A comunidade só poderia ser composta por


pessoas altamente responsáveis.


Nada de drogas ou anarquia.


Uma sociedade muito bem organizada.


-nem sei se o ser humano está preparado para essa evolução...-


No fim do dia descansaríamos à sombra das árvores,


com música de viola ao fundo...


Estaríamos cansados,


mas felizes por fazer realmente


parte do Universo.

Um comentário:

Rasalom disse...

Não sei se isso é possível Dani. Basta começar, e se a coisa se organizar mesmo nessas bases, em pouco tempo você já terá uma grande nação. Políbio chegou a dizer que a organização dos povos (o termo usado é constituição dos estados) tem um componente cíclico, onde a coisa funciona direitinho, descamba, vira anarquia, cai, funciona direitinho de novo...